Desparasitação Externa

imagesCom o início de mais uma Primavera, os parasitas “externos” aproveitam para tentar atacar os nossos companheiros e até mesmo a nós próprios. Sendo os mais frequentes as pulgas e carraças, não nos devemos esquecer dos mosquitos. Ao alimentarem-se nos nossos companheiros durante as picadas, além do efeito espoliador e do mau estar que causam, estes parasitas podem funcionar também como vetores de outras doenças, ou seja podem inocular os cães e gatos com outras doenças. Além das febres da carraça, existem também doenças transmitidas pelos mosquitos,  especialmente na cidade de Coimbra onde a Leishmaniose e a Dirofilariose são consideradas endémicas e por isso muito frequentes em cães.

Mais uma vez não há nada a temer: basta realizar desparasitações externas frequentes e adequadas para o seu animal de estimação.

Hoje em dia existem inumeras maneiras de lidar com a situação, estando à disposição vários produtos altamente eficazes e seguros. O médico veterinário é o técnico mais qualificado para receitar o melhor protocolo profilático para o melhor dos companheiros: O SEU

Dedicamos o mês de Abril para a Desparasitação Externa onde toda a nossa equipa está preparada para responder às vossas questões sobre o assunto.

Saiba mais em: Livre de Parasitas